Blog - Eventos

Postado em 06 de Dezembro de 2013 às 15h23

A Saúde Sob Ameaça

Dicas de Saúde (13)
Training Park Academia Novo Conteúdo 18 Algumas dúvidas existenciais aparecem em meio a uma conversa que trato com nossos alunos, muitas vezes de forma informal, ao lado deles, no seu exercício de esteira...

Algumas dúvidas existenciais aparecem em meio a uma conversa que trato com nossos alunos, muitas vezes de forma informal, ao lado deles, no seu exercício de esteira ergométrica.

Estilo de vida, tempo para lazer, bom sono, alimentação saudável, atividade física regular etc... São ações como esta que interferem diretamente na qualidade de vida do indivíduo. Condições tais que podem muito bem contribuir para que esse indivíduo não fique tão vulnerável a um dos maiores assassinos da humanidade: o AVC (acidente vascular cerebral), hoje considerada como a principal causa de morte no Brasil.

Nosso comandante, o cérebro, organiza muito bem nossas defesas e nos prepara para supostos ataques, pois ele atesta diretamente o elo de ligação de um AVC com a condição de estresse e de depressão. Sabendo que nossa tensão diária atinge níveis elevados, a mesma vai empurrar a pressão arterial para cima, nos colocando mais sujeitos a processos inflamatórios. Já os deprimidos que não buscam alguma orientação de tratamento, tendem a não se cuidar e muito menos a praticar uma atividade física regular, que auxiliaria em balancear a diminuição da tensão e do ganho de sensação de prazer.

Outras alterações muito importantes a serem analisados são: Gordura visceral, hipertensão, glicemia alterada, triglicérides altos, bom colesterol baixo. Se três dentre estas cinco alterações forem identificadas no organismo, é bom a pessoa se preocupar, afinal, ela passa a ser uma séria candidata a sofrer, do que os médicos chamam de síndrome metabólica, uma série de condições clínicas que podem, conjuntamente, propiciar o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes. A estimativa é de que, entre 25% e 35% das pessoas no mundo, sejam atingidas pelo distúrbio.

De acordo com o cardiologista Dalton Précoma, essas condições podem se mostrar apenas como a ponta de um iceberg, já que podem esconder uma série de ameaças a órgãos vitais. "As pessoas diagnosticadas com síndrome metabólica correm duas vezes mais riscos de sofrer infarto e derrame", adverte. A faixa etária em que a síndrome se torna mais prevalente se localiza entre os 60 e 69 anos de idade, apesar de afetar pessoas com menos de trinta anos.

Nessas condições, conforme Précoma, se encontram, aproximadamente, 60% dos brasileiros, de acordo com estudos da Organização Mundial da Saúde. O médico cita a circunferência abdominal ou gordura visceral como um dos fatores de risco mais preocupante. "Esse tipo de gordura bloqueia a ação da insulina, sobrecarregando o pâncreas e trazendo o risco da incidência de aterosclerose", explica.

Um estudo recente associou o desenvolvimento dessas doenças com o alto consumo de alimentos ricos em carboidratos, como doces, pães e outros alimentos ricos em farinha e açúcar. Dr. Alessi, cardiologista do Hospital Santa Cruz, enfatiza que a síndrome metabólica é, geralmente, ligada à obesidade. Tudo piora quando a pessoa consome gordura em demasia na alimentação, não faz nenhuma atividade física e mantém o hábito de fumar. Nas últimas décadas surgiu outro problema ligado à síndrome metabólica: o estresse. Alguns estudos apontam que essa condição pode ajudar a desencadear a síndrome, servindo de gatilho para tais distúrbios.

No Brasil, os valores ideais das cinturas dos homens e mulheres diminuíram. Diante das nossas características, os homens não podem passar de 90 cm e para as mulheres não podem passar de 80 cm, exigindo maiores cuidados alimentares e atividade física regular pelo menos entre 3 a 4 vezes por semana.

Diante disso, é importante que a população evolua de uma participação parasitária de acomodação com uma situação para uma atitude participativa e madura, buscando soluções práticas e profissionais através dos Professores de Educação Física que são devidamente registrados ao Conselho Federal de Educação Física (CONFEF/CREFs), priorizando a segurança dos beneficiários e a melhoria da qualidade dos serviços prestados.

Prof. Regis Soares
Cref 03/SC nº 00009 – G
Personal Trainer
Training Park Personal Academia
Chapecó - SC

Veja também

Eles Tem a Força...06/12/13 Foi-se o tempo de uma pessoa que está no time da melhor idade ficar só na caminhada ou nas aulas de piscina, em geral indicado por profissionais da área da saúde. Perguntamos: O que envelhece primeiro, os músculos esqueléticos ou o miocárdio (músculo do coração)? Acertou quem afirmou ser a primeira opção. Diante disso, devemos......
Sedentarismo aos 40 prejudica a saúde do cérebro02/05/16De acordo com um novo estudo, pessoas sedentárias na meia-idade podem ter redução do volume cerebral e envelhecimento acelerado Ser sedentário aos 40 anos pode contribuir para o envelhecimento e redução do volume cerebral na terceira idade. É o que diz um estudo publicado recentemente na revista científica Neurology. A pesquisa, realizada por......
PILATES NA ADOLESCÊNCIA 19/10/17 Grande parte das alterações posturais tem sua origem na fase de crescimento e desenvolvimento corporal ou seja infância e adolescência, onde muitas vezes existe um crescimento acelerado causando dores musculares e desconforto.Na......

Voltar para Blog